Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 7 de junho de 2011

TEATRO INFANTIL- UMA NOITE PIOLHENTA

TEATRO INFANTIL – UMA NOITE PIOLHENTA.

*NARRADOR-
EM UMA RUA BEM PRÓXIMA DAQUI MORA UMA MENINA MUITO BONITA, SEU NOME É ANE, SÓ QUE SUA BELEZA ESTÁ ESCONDIDA DEBAIXO DE UMA MONTANHA DE CABELOS OURIÇADOS E SUJOS. ELA VIVE DESCABELADA, COM UMA COCEIRA SEM FIM. E PRA COMPLETAR AINDA É MUITO RESPONDONA COM SUA MÃE. VOCÊS QUEREM VER?
ANE-(ENTRA EM CENA ANE, CANTAROLANDO E COÇANDO OS CABELOS DESESPERADAMENTE) AH! QUE DIA LINDO!! DIA DE BRINCAR, BRINCAR , BRINCAR E...
(ANE É INTERROMPIDA PELA MÃE) - ANEEEEEEE, VEM TOMAR BANHO.
ANE- IXI! PRONTO, O DIA NÃO ESTÁ MAIS TÃO LINDO.
(CRUZA OS BRAÇOS E DIZ IRÔNICAMENTE) BANHO? TÔ FORA.
 (MÃE NOVAMENTE CHAMA)- ANEEE, COMO É QUE É MENINA, VOCÊ NÃO PARA DE COÇAR ESSA CABEÇA, DEVE ESTÁ CHEIA DE PIOLHO. VEM AQUI QUE EU VOU LIMPAR.
(ANE FUGINDO DA MÃE) - EU NÃO, QUERO NÃO, POSSO NÃO, A GALERA DEIXA NÃO.
MÃE- ESSA MENINA É DEMAIS, ESTÁ MUITO TEIMOSA, MAS ELA VAI VER SÓ!
(ANE ENCONTRA AMIGUINHOS)- OI PESSOAL VAMOS BRINCAR?
AMIGOS- QUE TANTO VOCÊ COÇA ESSA CABEÇA?
(UM OLHA PARA O OUTRO ASSUSTADO) - ELA ESTÁ COM PIOLHO!!! ( E FOGEM DELA)
ANE- QUE PIOLHO O QUE? É SÓ UMA COCEIRINHA DE NADA. (TIRA UM PIOLHO DO CABELO IGNORA E SAI).
*NARRADOR-
 O DIA PASSA E A NOITE CHEGA. É HORA DE DORMIR E  ANE COM SEUS CABELOS CADA VEZ MAIS OURIÇADOS E REVOLTOS DE TANTO COÇAR CAI NO SONO.
   VOCÊS ACHAM QUE A HISTÓRIA ACABA AQUI? ESTÃO ENGANADOS. POR CAUSA DA DESOBEDIÊNCIA COM SUA MÃE TEM UM BAITA PESADELO. VAMOS VER O QUE ACONTECEU.
(MÚSICA DE SUSPENSE)- ENTRA O PIOLHO, PROCURANDO UMA CABEÇA PARA MORAR E CHEIO DE FOME.
PIOLHO- QUE FOME!! QUE FOME!!! PRECISO ME ALIMENTAR  E ENCONTRAR UM LAR PARA MINHA NOVA FAMÍLIA. QUEM PODERÁ ME DAR UM LAR? ( VAI OLHANDO A CABEÇA DAS CRIANÇAS EM VOLTA).
(ELE OLHA PARA A MENINA DEITADA E OLHA SEUS CABELOS REVOLTOS) - NOSSA! ISSO QUE É CABELO,ESSE AQUI ESTÁ PERFEITO PRA EU MORAR , ME ALIMENTAR E AINDA PÔR MEUS OVINHOS, MEUS BEBÊS VÃO TER UM LAR.
 (A MENINA ACORDA E TOMA UM SUSTO DANDO UM GRITO)- QUEM É VOCÊ BICHO FEIO?
PIOLHO- BICHO FEIO! POXA SOU TÃO BONITINHO. OLHA, VOU ME APRESENTAR, MEU NOME É PIOLHO E ESTOU PROCURANDO UM LUGAR PRA MORAR, E ENCONTREI SUA CABEÇA E É UM LUGAR ÓTIMO PRA MIM.
ANE- MAS EU NÃO QUERO VOCÊ NA MINHA CABEÇA.
PIOLHO- PARA DE BOBEIRA, AÍ TEM UM MONTE DE AMIGOS MEUS, E TEM AINDA MUITO ESPAÇO PRA MIM E MINHA NOVA FAMÍLIA.
ANE- FAMÍLIA? QUE FAMÍLIA?
PIOLHO- MEUS OVINHOS QUE VOU PÔR NOS FIOS DE SEUS CABELOS , SÃO MAIS DE MIL E TAMBÉM SÃO CHAMADOS DE LÊNDEAS.
ANE- CREDO! EU NÃO QUERO VOCÊ MORANDO NA MINHA CABEÇA NÃO.
PIOLHO- (DÁ UM SALTO NA DIREÇÃO DELA )- AHAA! SE VOCÊ NÃO ME QUISESSE NÃO ESTARIA COM SEUS CABELOS ASSIM.
ANE- ASSIM COMO? MEUS CABELOS SÃO LINDOS.
PIOLHO- PARA MIM SÃO MESMO. ÓTIMOS PARA HABITAR. (DÁ UMA RISADA)
ANE- VOCÊ NÃO PODE MORAR NA MINHA CABEÇA.
PIOLHO- PORQUE NÃO?
ANE (PROCURANDO RESPOSTA)- PORQUE, PORQUE, PORQUE MINHA MÃE NÃO DEIXA NÃO. ELA NÃO GOSTA DE ANIMAIS EM CASA.
PIOLHO- (DÁ UMA GARGALHADA)- MAS QUEM DISSE QUE SOU UM ANIMAL? EU SOU UM PARASITA. SOU UM SER VIVO QUE PRECISA DE OUTRO SER VIVO PARA SOBREVIVER.
ANE- E VOCÊ PRECISA DE MORAR NA MINHA CABEÇA PRA SOBREVIVER? E QUAL RAÇÃO VOCÊ COME?
PIOLHO- RAÇÃO? QUE RAÇÃO NADA, NA SUA CABEÇA EU TENHO TUDO QUE PRECISO, UM LUGAR QUENTINHO, SEUS CABELOS BAGUNÇADOS EU FAÇO MINHA CAMINHA PARA DORMIR E PÔR MEUS OVINHOS E QUANTO A MINHA ALIMENTAÇÃO (OLHA PARA AS CRIANÇAS E VOLTA O OLHAR PARA A MENINA ) ME ALIMENTO DO SEU SANGUE.
ANE- (ASSUSTADA)- MEU SANGUINHO? QUE HORROR!! EU QUERO A MINHA MÃE.
PIOLHO- FIQUE TRANQUILA MENINA, VOU CANTAR UMA MUSIQUINHA PRA VOCÊ, NELA VAI ENTENDER COMO SOU , VOCÊ VAI SE AMARRAR EM MIM (DÁ RISADAS).
(MÚSICA DO CD- O PIOLHO BIA BREDAN) O PIOLHO CANTA PARA A MENINA E CRIANÇAS.
ANE- AHAAA! JÁ SEI. SE EU FIZER TUDO AO CONTRÁRIO DA MÚSICA VOCÊ NÃO VAI MORAR NA MINHA CABEÇA E OS QUE AQUI ESTÃO VÃO SE MANDAR.
PIOLHO- (ASSUSTADO)- DO QUE VOCÊ ESTÁ FALANDO? O QUE VOCÊ VAI FAZER?
ANE- BOM! VOU LAVAR MEUS CABELOS COM XAMPU CONTRA PIOLHOS, PASSAR PENTE FINO E MINHA MÃE VAI OLHAR TODOS OS DIAS E MATAR TODOS VOCÊS  NA UNHA.
PIOLHO- QUE HORROR ! COMO VOCÊ É INSENSÍVEL. SABE DE UMA COISA ? SE VOCÊ FIZER ISSO MESMO VOU TER QUE CAIR FORA.
NARRADOR- O DIA AMANHECE E A MENINA ACORDA, OLHA PARA OS LADOS, COÇA A CABEÇA E LEMBRA DO PESADELO.
ANE- PIOLHO? SAI FORA!! (TIRANDO COM OS DEDOS E ESTALANDO NA UNHA).
MÃÃÃÃÃEEEEE, LIMPA MEUS CABELOS , POR FAVOR, ESTOU EM GUERRA COM OS PIOLHOS. HOJE ELES VÃO EMBORA DAQUI E EU TAMBÉM TENHO UMA MUSIQUINHA.
(CANTA COM AS CRIANÇAS DA ESCOLA , O PIOLHO OBSERVA ANDA PELOS CANTOS ATÉ FUGIR DE VEZ).

MUSIQUINHA QUE A ESCOLA CANTOU DURANTE TODA SEMANA

AUTORIA : Professora Christiane Brito


2 comentários:

Maria Eliete Pereira disse...

Oi,boa tarde ...amei o teatro, eu estava procurando uma peça legal para trabalhar na educação infantil !!! Sua peça me deu idéias interessantes ,amei mesmo!!!

Anônimo disse...

Oi, estou levando para a escola, tua peça, como sugestão para uma colega. Achei muito legal!

Postar um comentário